Conteúdo (alt + 1) Menu Principal (alt + 2) Menu Direita (alt + 3) Busca (alt + 4) Inicio (alt + 5)   
 
     
 
 
 
 
 
 
     
 
 
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/81606350_anos_do_Hospital_Infantil_2_CAPASITE.jpglink
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/268987capa_Relatorio_site.pnglink
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/745035Viaturas_SC_Transplantes_capa_site.jpglink
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/106439Preg__o_A_capasite.jpglink
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/324912Anivers__rio_HTR___19.12__61__capa_site.JPGlink
Joana de Gusmão encerra 2014 comemorando os 50 anos da instituição SES lança relatório anual de 2014 SAMU e SC Transplantes renovam frota de veículos Superintendência de Compras atinge meta de 50 pregões eletrônicos em 2014 Hospital Tereza Ramos completa 71 anos
Programa avalia qualidade dos serviços oferecidos na atenção básica de SC

 Na tarde da última quinta-feira (21), o secretário-adjunto da Saúde, Acélio Casagrande,  participou da abertura do Programa  Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB), o qual incentiva a ampliação e a melhoria da qualidade dos serviços prestados na atenção básica de saúde, bem como avalia os resultados e avanços obtidos com as ações da Estratégia Saúde da Família.

O processo de avaliação começará em dois municípios concomitantes,  na próxima segunda-feira (25)  em  Florianópolis e em Chapecó, no dia 28.      Serão avaliadas  1082  equipes de Saúde da Família,   e     para isso cerca  de  6 mil  pessoas  serão  entrevistadas ,  incluindo  coordenadores das equipes, trabalhadores das unidades de saúde e usuários da Atenção Básica.  Ao mesmo tempo estará sendo realizado um censo em todas as 1.759 Unidades Básicas de Saúde.  "É uma forma de conhecermos a satisfação da população, bem como identificar falhas do sistema e corrigi-las", comenta o secretário Casagrande.

Segundo  ele, a Atenção Básica é a porta de entrada do paciente.  É  ali  que   iniciamos  o  trabalho e,   com um bom encaminhamento , desafogamos as emergências dos nossos hospitais. Em 1994, quando começamos o projeto de Atenção Básica da Saúde  da  Família em Criciúma, trabalhamos para encontrar uma forma de bem atender e melhorar os serviços ofertados. O projeto deu certo, tanto que Criciúma foi a cidade de implantação do projeto piloto no país. Agora, vamos avaliar como andam as atividades após 18 anos, observa.

O PMAQ está organizado em quatro fases que se complementam formando um ciclo continuo de melhoria do acesso e da qualidade: Adesão e Contratualização, Desenvolvimento, Avaliação Externa e Recontratualização. A primeira fase consiste na  adesão ao programa mediante a contratualização de compromissos e indicadores a serem firmados entre as equipes de Atenção Básica com os gestores municipais e com o Ministério da Saúde, em um processo envolvendo pactuação local, regional, estadual e a participação do controle social. 

O tempo previsto para o trabalho em campo no território catarinense é de dois meses e meio, finalizando no início de setembro. As equipes avaliadas serão comparadas nacionalmente. E seu desempenho irá determinar o aumento do valor de incentivo financeiro federal para equipes de Saúde da Família, podendo até dobrar de valor, lembra o secretário-adjunto.Durante esta semana, a Gerência de Atenção Básica da Secretaria de Estado da Saúde (SES) realizou oficinas em todas as regiões do Estado

com gestores e coordenadores municipais de Atenção Básica, com o objetivo de prepará-los para receber os avaliadores. A coordenadora de
Acompanhamento e Avaliação da SES, Mirvaine Panizzi, destaca que o PMAQ está trazendo resultados extremamente positivos. Colocamos em discussão o processo de trabalho das equipes, fortalecendo a educação permanente e a qualidade da atenção em saúde ofertada aos usuários, bem como os processos de monitoramento e avaliação das ações desenvolvidas, finaliza.


Rota de avaliação
A partir do dia 2 de julho
- Rota Grande Florianópolis e Vale do Itajaí
- Rota Sul
- Rota Meio Oeste e Planalto Serrano
- Rota Extremo Oeste
- Rota Norte e Nordeste

 


Voltar
 
 
 
Rua Esteves Júnior, 160 - Centro - CEP: 88.015-130 - Florianópolis - Fone: (48) 3221-2000
 
 
     
 
   
Design by windows vista forum and energiesparlampen