Conteúdo (alt + 1) Menu Principal (alt + 2) Menu Direita (alt + 3) Inicio (alt + 5)   
 
     
 
 
 
 
 
 
     
 
 
Ministério da Saúde amplia faixa etária da vacina contra o HPV

Florianópolis, 5 de janeiro de 2015

A partir deste mês de janeiro, meninas com idade entre nove e 11 anos também terão direito à vacina contra o Papilomavírus humano (HPV). Até o fim de 2014, a imunização estava prevista para meninas de 11 a 13 anos de idade. Em Santa Catarina, a população dessa faixa etária passa de 307 mil. A meta é alcançar 80% de cobertura vacinal nesse grupo.

 A gerente de Vigilância de Doenças Imunopreveníveis e Imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), Vanessa Vieira da Silva, alerta que “o vírus do HPV pode causar câncer de colo do útero. Por isso, é muito importante que os pais levem suas filhas de nove a 13 anos para tomar a vacina, não esquecendo também de manter o esquema de imunização com as outras doses”.

 Vacinação em três etapas

 Para receber a vacina, basta apresentar a carteira de vacinação ou documento de identificação. A vacina contra o HPV é gratuita e está disponível o ano inteiro no Sistema Único de Saúde (SUS), integrando o calendário básico de vacinação.

 Primeira dose - meninas com idade entre nove e 13 anos, nos postos de saúde.

 Segunda dose - aplicada seis meses após a primeira, nos postos de saúde.

 Terceira dose - administrada cinco anos após a primeira dose, nos postos de saúde.

 Câncer de colo do útero

 O HPV é um vírus que apresenta mais de 150 tipos diferentes. A vacina distribuída pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é do tipo quadrivalente, que protege contra quatro tipos do HPV (6, 11, 16 e 18). Os vírus HPV 16 e 18 são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer do colo do útero.

 No Brasil, de acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), esse câncer é o terceiro tipo mais frequente entre as mulheres. De 2009 a 2013, foram registradas 402 mortes em razão deste câncer em Santa Catarina.

 Apesar da alta incidência, o câncer de colo do útero pode ser prevenido por meio da vacinação, do uso do preservativo e realização do exame preventivo (Papanicolau). O Ministério da Saúde (MS) recomenda que o examePapanicolau seja realizado regularmente a partir dos 25 anos de idade.

 


Voltar
 
 
   
 
     
 
   
Design by windows vista forum and energiesparlampen