Conteúdo (alt + 1) Menu Principal (alt + 2) Menu Direita (alt + 3) Inicio (alt + 5)   
 
     
 
 
 
 
 
 
     
 
 
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/971884Capasite.jpglink
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/886069Capasite.jpglink
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/369373Capasite.jpglink
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/134903dion__sio_cerqueira____7__capa_site.jpeglink
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/407912Carrossel___Combate_Dengue.pnglink
Encontro reúne gerentes regionais de saúde em Florianópolis Filas de Espera pelo SUS já está disponível para os catarinenses Maternidade Carmela Dutra realiza Semana da Prematuridade  Em encontro com Secretário de Estado da Saúde, prefeitos da região Oeste comprometem-se em intensificar o combate ao Aedes aegypti No Dia Nacional de Combate à Dengue, Saúde reforça a importância da eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti
AVISO DE PAUTA- Saúde intensifica o combate ao mosquito Aedes aegypti no Oeste catarinense
Florianópolis, 14 de novembro de 2017
 
 
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) realiza, nesta quinta-feira, 16, reuniões com autoridades do Oeste de Santa Catarina para atualização das ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. O objetivo é buscar o compromisso do gestor municipal e alertar para o aumento expressivo no número de focos e de municípios infestados nessa região. A comitiva contará com a presença do secretário de Estado da Saúde, Dr. Vicente Caropreso, o superintendente de Vigilância em Saúde da SES, Dr. Fábio Gaudenzi e a gerente de Zoonoses da Dive/SC, Suzana Zeccer. 

Os encontros iniciarão por Dionísio Cerqueira, 9h, e seguirão para São Miguel do Oeste, Chapecó, Xanxerê e Xaxim, com previsão de término às 18h.

Até o dia 28 de Outubro deste ano, foram identificados 9.478 focos do mosquito Aedes aegypti em Santa Catarina, em 141 municípios. Esse volume é 48,8% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando 6.371 focos foram identificados, em 133 municípios. Do total, 61 municípios são considerados infestados - 22% a mais do que o mesmo período de 2016, que registrou 50 municípios nessa condição.
 
O grupo retornará a agenda de encontros com prefeitos no dia 23 de Novembro, nas regiões Norte e Litoral, nos municípios de Itapema, Balneário Camboriú, Camboriú, Itajaí, Navegantes e Joinville.
 
 

Voltar
 
 
 
Rua Esteves Júnior, 160 - Centro - CEP: 88.015-130 - Florianópolis - Fone: (48) 3664-9000
 
 
     
 
   
Design by windows vista forum and energiesparlampen