Conteúdo (alt + 1) Menu Principal (alt + 2) Menu Direita (alt + 3) Inicio (alt + 5)   
 
     
 
 
 
 
 
 
     
 
 
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/177874Bandeira_Rede_Cegonha.JPGlink
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/235556Aedes_Itapema.jpglink
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/216042secretaria_da_saude_amplia_estoque_de_medicamentos_e_insumos_20180412_1446930181.jpglink
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/60641401_capa_site_01.jpglink
http://portalses.saude.sc.gov.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/100062Conass_Bras__lia_Douglas_Saviato__2_.JPGlink
Rede Cegonha Serra Catarinense ganha reconhecimento nacional com trabalho preventivo Itapema realiza ação de bloqueio contra o mosquito Aedes aegypti Com foco em gestão, Secretaria da Saúde economiza R$ 9,7 milhões em 2018 SES adquire 49 monitores multiparâmetros para o Hospital Regional de Joinville Secretário Acélio Casagrande toma posse como vice-presidente do Conass na Região Sul
AVISO DE PAUTA- Saúde intensifica o combate ao mosquito Aedes aegypti no Oeste catarinense
Florianópolis, 14 de novembro de 2017
 
 
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) realiza, nesta quinta-feira, 16, reuniões com autoridades do Oeste de Santa Catarina para atualização das ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. O objetivo é buscar o compromisso do gestor municipal e alertar para o aumento expressivo no número de focos e de municípios infestados nessa região. A comitiva contará com a presença do secretário de Estado da Saúde, Dr. Vicente Caropreso, o superintendente de Vigilância em Saúde da SES, Dr. Fábio Gaudenzi e a gerente de Zoonoses da Dive/SC, Suzana Zeccer. 

Os encontros iniciarão por Dionísio Cerqueira, 9h, e seguirão para São Miguel do Oeste, Chapecó, Xanxerê e Xaxim, com previsão de término às 18h.

Até o dia 28 de Outubro deste ano, foram identificados 9.478 focos do mosquito Aedes aegypti em Santa Catarina, em 141 municípios. Esse volume é 48,8% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando 6.371 focos foram identificados, em 133 municípios. Do total, 61 municípios são considerados infestados - 22% a mais do que o mesmo período de 2016, que registrou 50 municípios nessa condição.
 
O grupo retornará a agenda de encontros com prefeitos no dia 23 de Novembro, nas regiões Norte e Litoral, nos municípios de Itapema, Balneário Camboriú, Camboriú, Itajaí, Navegantes e Joinville.
 
 

Voltar
 
 
 
Rua Esteves Júnior, 160 - Centro - CEP: 88.015-130 - Florianópolis - Fone: (48) 3664-9000
 
 
     
 
   
Design by windows vista forum and energiesparlampen